A Empresa

spacer

A BCM possui desde 1996, seu sistema de gestão da qualidade certificado na norma ISO 9001:2008 pelo orgão internacional IQNET/RINA.

Apresentação

Desde 1980 criando e inovando a BCM é reconhecida por sua capacidade de inovação trazendo ao mercado soluções em constante evolução, sempre adequadas aos melhores padrões e plataformas tecnológicas disponíveis

A BCM iniciou suas atividades junto a consolidação da automação no país, com o desenvolvimento do primeiro CLP microprocessado do Brasil. Com processadores de alto desempenho, variedade de modelos e capacidade de comunicação, o seu campo de aplicação hoje é quase ilimitado e o conhecimento de suas potencialidades torna-se cada vez mais necessário para todos os envolvidos no planejamento, operação e manutenção de processos industriais. Sempre a frente de seu tempo, está focada em oportunidades que se abrem em setores como petróleo e gás, energia e saneamento trazendo soluções específicas a cada uma dessas aplicações.

Histórico de Inovações

A BCM vem desenvolvendo atividades de P&D, gerando produtos e projetos por sua própria conta ou em parceria com outras empresas desde 1980 quando desenvolveu o primeiro controlador programável brasileiro e um dos primeiros CLPs monobloco do mercado mundial.

Em 1981, iniciamos a pesquisa, projeto e desenvolvimento de um CLP compacto para o controle e automação do processo de cura e secagem de tabaco em pequenas propriedades rurais. Este projeto resultou na instalação de milhares de equipamentos com microprocessadores em instalações rurais. É importante ressaltar que o cultivo de tabaco ocorre em dezenas de milhares de pequenas propriedades rurais espalhadas na região sul. E o processo de cura e secagem das folhas de tabaco é uma parte muito importante para o fornecimento deste produto e é feito logo após a colheita e dura cerca de três dias e noites. Durante este processo, o controle preciso da umidade e temperatura são condições essenciais para um bom resultado. O valor obtido pelo produto final é diretamente vinculado ao resultado deste processo. Antes desta inovação, a qualidade média do produto nacional era inferior ao produto norte-americano, curado em estufas aquecidas com óleo. Através deste processo, o produto brasileiro pode competir com seu rival norte-americano em qualidade com um custo de produção muito menor. E ainda, o controle preciso das variáveis citadas permitiu uma economia de mais de 50% no uso do biocombustível empregado (lenha) e reduziu de maneira muito significativa o trabalho dos agricultores durante esta fase.

Após o lançamento do primeiro controlador programável brasileiro, a BCM desenvolveu e lançou diversas séries, novas, incorporando funcionalidades como processamentos mais poderosos, interfaces analógicas e algumas com elevado grau de inovação como o BCM1086 que incorporou ao produto uma poderosa interface humano-máquina. Sendo na época um dos primeiros equipamentos conhecidos a apresentar esta característica que foi logo seguida pela maioria dos fabricantes.

Existiu também, uma preocupação em tornar a linguagem de programação desses equipamentos mais amigável e simples. A BCM lançou então, a linguagem descritiva de programação, considerada por muitos especialistas como a mais avançada forma de programação de equipamentos de controle em tempo real disponível no mercado. Esta linguagem representou uma efetiva colaboração brasileira para a área de controladores programáveis.

Conversores de frequência microprocessados: A BCM em conjunto com um grande fabricante de motores, desenvolveu uma linha de inversores de frequência microprocessados com modelos variando de 0,75 a 60 CV.

Em parceria com a empresa Engemaq, de Caxias do Sul, foram projetados e fabricados cinco modelos diferentes de robôs industriais. Estes projetos foram apresentados e aprovados pela então secretaria de informática (SEI). Destes cinco modelos, três foram efetivamente comercializados e os outros dois foram desenvolvidos a nível de protótipos.

A BCM contribuiu no desenvolvimento de um Reator nuclear a leito fluidizado, trabalho feito em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul, departamento de engenharia nuclear e empresa Eberle de Caxias do Sul. Um protótipo simulador foi apresentado na feira de informática do Rio de Janeiro. O protótipo simulava em termos reais toda hidrodinâmica e fluidização das esferas de combustível – neste protótipo simuladas com esferas de chumbo. O modelo encontra-se no departamento de energia nuclear da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Junto com empresas do Grupo Rede de Energia, a BCM lançou um Religador de baixa tensão – produto que tem como objetivo a redução de falta de energia elétrica motivada pela queima de elos-fusíveis em redes de distribuição de baixa tensão. O equipamento conta com um sistema de processamento de sinais analógicos de alta velocidade que desconecta a energia num tempo suficiente para evitar a queima do elo-fusível, permitindo tentativas de religamento após um pequeno período e no caso de curtos-circuitos temporários, recompor o fornecimento de energia sem a necessidade de deslocamento de uma equipe de manutenção.

Um dos primeiros sistemas smart grid do Brasil foi instalado pela BCM na região de Presidente Prudente, São Paulo. Também uma parceria da BCM com empresas do grupo Rede de Energia e Fepisa. O sistema permite que os consumidores, de modo automático, negociem “on line” a compra de energia adicional com as subestações a qual estão vinculados viabilizando uma otimização do uso dos excedentes de geração elétrica e um preciso controle quando de falta de geração desta energia. Outro importante sistema desenvolvido junto a essas empresas – sistema para a localização de falhas em redes elétricas de distribuição.

Os últimos lançamentos da BCM contam com Unidades Terminais Remotas para subestações de alta tensão – equipamentos de controle e automação com atendimento a requisitos da área elétrica de alta tensão. E Unidades Terminais Remotas de automação e controle para câmaras subterrâneas com proteção para operar em ambientes alagados. Inovou na parte de sensoriamento e microcontroladores com comunicação sem fio, em um conceito de atomização de redes de controle.

Em maio deste ano (2013), recebeu um prêmio de gestão da inovação na cerimônia do Prêmio Nacional de Inovação realizado em Brasília, e promovido pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI). Destacando seu potencial e sistematização da gestão voltada para inovação em todas suas áreas.

Centro de Pesquisa e Desenvolvimento

Com porte compacto e funcional, a BCM possui uma estrutura comprometida com seus resultados, e preocupada em oferecer soluções de alta tecnologia para as áreas industrial e elétrica é um desafio que a BCM responde com eficiência e domínio horizontal/ total dos processos do projeto. Possui instalações nos EUA, Japão, Alemanha, Argentina, Chile, Uruguai e outros, já tendo atendido mais de 5 mil clientes.

Isso só é possível através do investimento contínuo em P&D de novos produtos, dedicado a estudar novas tecnologias, que garantem a BCM uma posição de destaque como um dos principais players globais de fornecimento de equipamentos e soluções de automação e controle para economias globalizadas.

  • Laboratórios de testes locais;
  • Projeto de sistemas para o pior caso;
  • Procedimentos de testes destrutivos e de tipo;
  • Análise constante dos históricos de campo e realimentação ativa do sistema de projeto;
  • Análise de matriz de risco para os circuitos, sistemas e softwares;
  • Poderoso núcleo computacional em tempo real;
  • Excelente relação performance/custo;
  • Confiabilidade e desempenho dos sistemas;
  • Conexão com os mais avançados centros de P&D do mundo;
  • Domínio de hardware analógico de alta precisão;
  • Software de sistemas operacionais em tempo real de alta imunidade a “bugs”;
  • Sistema de estanqueização dos efeitos de erros de hardware e software.

Missão, Visão, Valores

O que fazemos?
A BCM é fabricante nacional de equipamentos e sistemas de automação e controle de processos.

O que queremos?
Inteligência para um mundo melhor.
Intelligence for a better world.

Como fazemos?

  1. Tecnologia avançada
  2. Nível internacional
  3. Pioneirismo
  4. Criatividade e inovação
  5. Soluções adequadas à realidade global

Nossa missão?
Usar nossa inteligência empresarial na construção de um mundo melhor e fazendo bom uso dos recursos naturais do nosso país, através do projeto, desenvolvimento, produção e comercialização de equipamentos e sistemas de automação e serviços associados.

Certificações

ISO 9001:2008

A BCM possui desde 1996, seu sistema de gestão da qualidade certificado na norma ISO 9001:2008 pelo órgão internacional IQNET/RINA, fortalecendo ainda mais sua gestão empresarial nos preceitos da melhoria contínua e nos mais sólidos conceitos de ética, qualidade e responsabilidades social e ambiental.

Prêmio Distinção Indústria (FIERGS)

Linha de Controladores Programáveis GP3011 (2002)
RMPST Unidade Terminal Remota para Seccionadores de Distribuição (2008)
COACH Sistema Integrado para o Controle de PCHs (2010)
Inteligência e Automação da Rede de Distribuição Elétrica Subterrânea (2012)

Prêmio Excelência em P&D

RMPST Unidade Terminal Remota para Seccionadores de Distribuição (2009)
COACH Sistema Integrado para o Controle de PCHs (2010)

Destaque Indústria Nacional (CNI)

RMPST Unidade Terminal Remota para Seccionadores de (2009)

Pesquisador Gaúcho (FAPERGS)

Gerente de P&D da BCM foi agraciado com o Prêmio Pesquisador Gaúcho na Indústria (2012)

Prêmio Gestão da Inovação (CNI)

Homenagem Gestão da Inovação (2013)

MATRIZ

Avenida Ernesto Neugebauer, 220 - Porto Alegre - RS - 90250-140

Fone: (51) 3374-3899 - Fax: (51) 3374-4141

contato-matriz@bcmautomacao.com.br

FILIAL

Rua Caçapava, 49 / 23 - São Paulo - SP - 01408-010

Fone: (11) 3061-9796 - Fax: (11) 3061-5994

contato-filial@bcmautomacao.com.br

© 2016 Eau RougeUsina